Reputação corporativa pode ser decisiva na crise

Posted on Posted in Blog

reputacao corporativa e a crise no Brasil

​Toda crise gera oportunidade e é neste momento que cada organização irá saber se a reputação que construiu ajudará em sua sobrevivência ou não.

É justamente em períodos turbulentos que se percebe a força da marca, a consistência dos valores corporativos e se os públicos de interesse (interno, externo e estratégicos), estão engajados com sua imagem, a ponto de minimizar os abalos sofridos pela crise.

Outra verdade sobre a crise é que ela não dura para sempre. Mas, tal qual um tsunami, deixará estragos e só as estruturas mais fortes e preparadas, independentemente se forem grandes, pequenas e médias empresas, ficarão de pé.

Por isso é fundamental que, como alguém que se agarra a um galho na correnteza, a empresa se mantenha fortemente alinhada aos seus valores institucionais. Da mesma forma, deve garantir que seus líderes e funcionários falem a mesma língua para transmitir aos clientes e parceiros, com transparência, a credibilidade que os atraiu no momento em que foram conquistados por sua marca.

Neste processo, a entrega de valor e satisfação é fundamental para que cada público continue depositando a mesma confiança em sua organização. Estreitar estes laços de confiança entre estes públicos, que de alguma forma estão relacionados, é outra ponta que precisa ser bem amarrada.

As organizações têm de entender que essa percepção positiva e a confiança duradoura em relação à sua imagem são construídas desde o menor contato com o cliente até sua exposição pública ao longo do tempo, seja no ambiente de trabalho, na imprensa, nas redes sociais, em outras esferas de relacionamento. Para isso, é preciso ter coerência e consistência, alinhando a prática ao discurso corporativo.

Para manter tal consistência, é preciso utilizar estrategicamente os meios e ferramentas disponíveis. A internet, por exemplo, tem sido um ótimo e acessível caminho para construir uma reputação empresarial forte e consistente, como já trabalhamos aqui em outros artigos.

Uma reputação corporativa forte representa um diferencial competitivo no atual cenário de crise, de economia em turbulência e de forte apelo da mídia, que também é responsável por causar retração no mercado.

Dizem que a reputação funciona como poupança, sempre é importante depositar mais credibilidade para elevar o saldo positivo. E no momento de crise é fundamental ter este saldo para poder sobreviver às dificuldades.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *